Curso de Fertilidade do Solo e
Nutrição de Plantas - Londrina

Curso de Fertilidade do Solo e Nutrição de Plantas - Londrina

Próxima Turma: Setembro/2019
Inscrições Abertas
Diferenciais
Conheça o sistema de interpretação proposto pela Laborsolo.
Use a “lógica” no diagnóstico da fertilidade do solo e da nutrição vegetal
Professores Doutores com mais de
30 anos de experiência
Quebre os paradigmas no conceito da calagem & adubação
Familiarize-se com o diagnóstico, mapeamento e monitoramento nutricional
Receba bônus para realizar análises e conhecer a fundo o serviço da Laborsolo
48 horas/aulas presenciais
76 turmas formadas
Mais de 2.200 alunos
Conteúdo Programático - Química e Fertilidade do Solo
Conteúdo Programático - Química e Fertilidade do Solo
Dr.º Roberto Fioretto
Doutor em Agronomia. Ex-docente na Universidade Estadual de Londrina e sócio da Laborsolo Laboratórios, especialista em Fertilidade de Solo e Nutrição de Plantas, atuando principalmente nos seguintes temas: calagem, bases trocáveis, equilíbrio químico, adubação e cátions básicos.
Fundamentos da Fertilidade de solo:

  • Critérios para amostragem estratificada;
  • Conceito de Ambiente de produção;
  • Princípio da Pirâmide Biótica;
  • Estudo da Reação do Solo [(pH X (H + AL)].

Noções Básicas da Química Analítica para Interpretação da Análise de solo:

  • Entendendo a Classificação Periódica dos Elementos Químicos;
  • Ligações Químicas;
  • Conceito de Mol e Mol de carga;
  • Transformações de Unidades;
  • Estudo de casos e/ou Fixação dos conceitos.

Propriedades Eletroquímicas do solo:

  • P.C.Z. (Ponto de Carga Zero) ou P.E.S.N. (Ponto de Efeito Salino Nulo);
  • Alterações na química de solo ácido, por material vegetal (palha ou palhada).

Atributos Químicos do Solo e da Planta para Calagem:

  • Balanço (Cátion-Ânion) em plantas;
  • Conceito de Força-Iônica na reação do solo;
  • Equilíbrio de Albrecht para a saturação do complexo de troca por bases;
  • Calagem: Estudo de Casos.

Otimização da Adubação Nitrogenada:

  • Ciclo do Nitrogênio no solo;
  • Espécies iônicas de Nitrogênio no solo e seus mecanismos de liberação;
  • Reação da Mineralização da Matéria Orgânica do Solo (MOS);
  • Relação C/MOS-N: Estudo de Casos.

Otimização da Adubação Fosfatada:

  • Dinâmica das formas do Fósforo no solo;
  • Extratores de fósforo do solo;
  • Conceito de interpretação do P-solo pelo P-rem;
  • Princípios de solubilidade dos fertilizantes fosfatado;
  • Relação P/P-rem – Estudo de Casos.

Conteúdo Programático - Nutrição de Plantas
Conteúdo Programático - Nutrição de Plantas
Dr.º José Carlos Vieira de Almeida
Doutor em Agronomia. Ex-docente na Universidade Estadual de Londrina e sócio da Laborsolo Laboratórios, especialista em Fisiologia Vegetal, atuando principalmente nos seguintes temas: Manejo e controle de plantas daninhas e nutrição de plantas.
Métodos de avaliação do estado Nutricional das Plantas:

  • Efeitos correlativos entre a parte aérea e a raiz;
  • Relações fonte-dreno;
  • Métodos de interpretação de analises de tecidos foliares;
  • Método bivariado de avaliação nutricional – DRIS;
  • Estudos de casos.

Fotossíntese:

  • Relações luminosas e mecanismos de transporte de elétrons;
  • Clorofilas e pigmentos auxiliares;
  • Fisiologia das membranas biológicas;
  • Fotorrespiração e saturação luminosa;
  • Metabolismo do carbono – Plantas C3 e C4 – eficiência fotossintética;
  • Síntese de amidos e sacarose;
  • Ecofisiologia da produção e estado nutricional das plantas;
  • Foto oxidação.

Respiração:

  • Glicólise em meio aeróbico;
  • Ciclo dos ácidos tricarboxílicos e fosforilação oxidativa;
  • Síntese de ATP e reações de energia;
  • Ecofisiologia da respiração e estado nutricional das plantas.

Absorção e transporte de nutrientes:

  • Mecanismos de adsorção iônica e CTC de raízes;
  • Conceitos de apoplasto / simplasto;
  • Mecanismos de absorção iônica. Bombas de prótons, simporte e antiporte;
  • Relações iônicas nas plantas. Relações de equilíbrio cátion/anion.

Metabolismo de Nitrogênio e Enxofre:

  • Absorção e assimilação de nitrogênio e enxofre;
  • Síntese de aminoácidos e proteínas;
  • Síntese de aminoácidos sulfurados;
  • Fixação simbiótica de nitrogênio.

Local
Laborsolo Academy
Av. Tiradentes, 1770
Londrina/PR
Calendário
Datas e horários das aulas
  • 19/09/2019 (5ª feira) – 19h00 às 23h00
  • 20/09/2019 (6ª feira) – 08h00 às 12h00 / 14h00 às 18h00
  • 21/09/2019 (sábado) – 08h00 às 12h00
  • 17/10/2019 (5ª feira) – 19h00 às 23h00
  • 18/10/2019 (6ª feira) – 08h00 às 12h00 / 14h00 às 18h00
  • 19/10/2019 (sábado) – 08h00 às 12h00
  • 21/11/2019 (5ª feira) – 19h00 às 23h00
  • 22/11/2019 (6ª feira) – 08h00 às 12h00 / 14h00 às 18h00
  • 23/11/2019 (sábado) – 08h00 às 12h00
Investimento
  • À vista até 31/07  – R$ 3.600,00
  • À vista após 01/08  – R$ 3.750,00
  • À prazo – R$ 4.000,00 em 6 (seis) parcelas
O pagamento pode ser realizado através de depósito, cheque ou boleto bancário. As condições de parcelamento estão descritas abaixo.
Organização
Serão três meses, totalizando 48 horas/aula, realizadas às quintas-feiras das 19h às 23hs, às sextas-feiras das 08h às 12h e das 14h às 18h e aos sábados das 08h às 12h (com intervalos para coffee break).
Informações
A organização/coordenação reserva-se o direito de cancelar o curso antes de sua realização, caso não tenha o número mínimo de participantes.
O curso somente será ministrado para um número mínimo de 20 (vinte) participantes E MÁXIMO 35 (trinta e cinco).
Pagamento
No caso de opção para pagamento à prazo, a primeira parcela de R$ 700,00 deverá ser depositada na conta abaixo para confirmação da inscrição e as demais 5 (cinco) parcelas de R$ 660,00 deverão ser pagas com cheques pré-datados ou cartão – entregues a Néia até o primeiro dia de aula (IMPRETERIVELMENTE), ou seja, 19/09/2019.

Depósito bancário, conforme dados abaixo:

  • Banco do Brasil – Agência 2755-3 – C/C 38.167-5 / LBS Cursos e Treinamentos Ltda
Inscreva-se agora
Preencha a ficha de inscrição abaixo. Entraremos em contato pelo telefone e e-mail informado no cadastro
para finalizar solicitar os documentos necessários para finalização da matrícula.
Dados para emissão de recibo
Uma vez iniciado o curso, não há como redistribuir ou realocar investimento de um aluno a um outro, pois, o curso disponibiliza vagas, as quais são alinhadas e difundidas de modo a suprir um custo prévio disposto a todos que se firmaram a relação comercial. A matrícula é personalíssima e, caso ocorram desistências, as expensas devem ser assumidas pelo contratante ou repassadas ao aluno matriculado.

Observar no ato da inscrição o número de faltas permitidas, uma vez que reposições somente serão aceitas, mediante atestado médico.
Veja a opinião de nossos alunos
Veja a opinião de nossos alunos